Uso de fones e a perda auditiva

Com smartphones, tablets e outras tecnologias cada vez mais presentes em nosso cotidiano, os fones de ouvido acabam sendo indispensáveis, seja para ouvir música, assistir vídeos ou para se comunicar.

Mas apesar de extremamente úteis, eles podem causar alguns problemas como zumbidos ou perda auditiva induzida por ruído.

Os dados parecem exagerados, mas a previsão da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que cerca de metade dos jovens entre 12 e 35 anos – cerca de 1,1 bilhão de pessoas em todo mundo – correm o risco de sofrer perda auditiva.

Os principais comportamentos que fazem do fone, um vilão, são:

– Exposição prolongada

– Volume excessivo

Mas como saber que o volume está excessivo? É simples. Se as pessoas ao seu redor podem ouvir o que está tocando no seu fone ou ao retirar você ouve um zumbido, ou sente que o som do local está abafado, é sinal de que precisa reduzir o volume.

Em relação ao tempo, faça pausas de uma hora a cada duas horas de escuta. Assim você garante que sua orelha esteja descansando de ruídos por um bom tempo.

Mantenha 60% do nível máximo (a maioria dos smartphones mostra a porcentagem) ou utilize fones externos (aqueles maiores que ficam sobre a abertura da orelha) e também são considerados mais saudáveis por conta da distância entre tímpanos e auto falantes.

Mesmo com todos os cuidados você está sentindo dificuldade para ouvir em alguns momentos? Procure um fonoaudiólogo que possa avaliar e quem sabe recuperar a sua saúde auditiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top